Páginas

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Mike Tyson: Estupro ou Linchamento Racista?


Mike Tyson foi um dos maiores lutadores de todos os tempos. Acredito que se Cus D'Amato não tivesse morrido, Tyson jamais teria sido derrotado. Era o mais forte, o mais veloz, o mais talentoso, e o mais focado de todos. Com a morte de Cus D'Amato, seu pai adotivo e treinador; tudo isso acabou. A partir daí, Tyson fez todas as lutas drogado, sem treinamento adequado, ou após uma longa noite de orgia. E ainda assim demoliu todo mundo que apareceu na sua frente. Até que as loucuras foram longe demais e aconteceu aquela derrota inesperada para James Buster Douglas.


Mas sempre que estou lembrando histórias de Mike Tyson, surge a pergunta: ele estuprou Desiree Washington? Não sei. Só os dois sabem. Mas vou enumerar alguns detalhes do caso que ajudarão a decidir se ele estuprou, ou simplesmente foi linchado num julgamento cheio de vícios e até traições de supostos amigos. Segue abaixo:

- Tyson foi julgado em um estado extremamente racista. Indianápolis, Indiana, historicamente um dos redutos da Ku Klux Klan.
- A juíza do caso, Patricia Gifford, era uma ex-promotora de crimes sexuais conhecida como “a Juíza Enforcadora”.
- A juíza impediu o depoimento de três testemunhas que disseram ter visto Tyson e Desiree se abraçando e beijando carinhosamente dentro da Limusine e andando de mãos dadas até o hotel. O que deixaria claro que ela foi por vontade própria à suíte do lutador e, certamente, disposta a muito mais do que ficar conversando no quarto.
- O médico da emergência, que atendeu Desiree após o suposto estupro, não encontrou nenhuma marca de violência em seus braços ou pernas, nem qualquer sinal de que tivesse apanhado ou, sequer, sido apertada. Ou seja, foi caso único e paradoxal de estupro consentido.
- Uma das meninas que estavam no concurso de miss em que Desiree e Mike Tyson se conheceram, afirmou que ao ver o lutador chegando, Desiree falou: Eis 20 milhões de dólares.
- E, por fim, a declaração do próprio Mike Tyson diante do júri que o condenou: “Vou repetir isso até o dia em que for enterrado... Eu não estuprei Desiree Washington. Ela sabe disso, Deus sabe disso, e ela tem de arcar com as consequências de usas ações pelo resto da vida.”

Nenhum comentário: