Páginas

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

A Verdadeira História dos Piratas da Somália

Pirata é um bandido que se dedica ao roubo e ao saque marítimo, apropriando-se, pela força, do que não lhe pertence. Por vezes contam com a proteção de um Estado ou Nação. Atuam em nome desse Estado, cobertos pelo que antigamente se chamava “Carta de Corso”. Um documento emitido por um país, autorizando seu proprietário a atacar navios e povoados de Nações inimigas. Vem daí o nome “Corsário”.
Recentemente, muito se ouviu falar na imprensa sobre piratas na Somália. Cenas com pequenos barcos, repletos de homens fortemente armados, e que rendiam navios pesqueiros dos Estados Unidos, Europa e Ásia. 
A Somália é considerada o país mais perigoso do mundo para se viver. Onde se trava uma luta sangrenta entre diversos clãs para chegarem ao poder. Aproveitando-se dessa situação de total descontrole, navios de várias nacionalidades fazem pesca predatória e ilegal nos mares em frente ao país. Praticam um tipo de pesca conhecida como I.U.U (Illegal, Undeclared and Unregullated fishing) Pesca Ilegal, não Declarada e não Regulada. Atualmente, mais de 800 barcos de diversos países estão presentes na região. Obtendo lucros acima de 450 milhões de dólares anuais. 
Embora a Somália já tenha protestado diversas vezes na ONU contra essa situação, jamais foram ouvidos. E assim surgiu a conveniente lenda dos “Piratas Somalis”. 
Mas a verdadeira história da pirataria na Somália, e seus reais praticantes, você encontrará no excelente documentário abaixo:


2 comentários:

Lena disse...

Uma vergonha! Um absurdo! Os ricos destruindo tudo e os pobres levando fama de bandidos.
Valeu Cacá!

Bjs

brunabora disse...

Baixar o Documentário - Piratas da Somália - http://goo.gl/YnL5B