Páginas

quarta-feira, 24 de junho de 2015

CHICO BUARQUE X mario sabino e reinaldo azevedo

Há algum tempo o grande Francisco Buarque de Holanda foi atacado pelo pequeno mario sabino e seu poodle de estimação, reinaldo azevedo. Chico Buarque, como todos sabem, é Chico Buarque. Mas como ninguém sabe quem são as pálidas sombras as quais me refiro, esclareço: um, é o chefe, e o outro é o "lambe". Ambos trabalham (se é que se pode chamar "trabalho" o que fazem) para a revista Veja (se é que se pode chamar "revista" à coisa mal cheirosa). O primeiro deles sonha ser um grande escritor, assim como Chico Buarque, mas o Criador o privou de talento e genialidade. O segundo, sonha ser respeitado e influente, assim como Chico Buarque, mas o bom Deus não lhe deu inteligência suficiente. Revoltadas e traiçoeiras, as sombras resolveram atacar Francisco. Mas Francisco, que como todos sabemos costuma pairar leve sobre a alheia inveja, dessa vez não aliviou, e resolveu recolocar as frutinhas amargas em seu devido pomar. Segue abaixo trecho da entrevista do grande Chico Buarque de Holanda à revista Rolling Stone:
É que hoje parece que há mais interesse sobre a vida pessoal do artista. Você percebe isso? 
[Longo silêncio] Que a vida pessoal ficou muito mais exposta do que há 20, 30 anos, não tem a menor dúvida. Eu tenho de mudar algumas atitudes porque você está mais exposto do que antes, mas não me afeta tanto assim. [........] Mas não é o fim do mundo. Deixo de ir à praia, deixo de ir ao restaurante da rua Dias Ferreira e pronto. Isso não me afeta grandemente. Falei sobre isso na internet: você está mais exposto, mas aí é você – pessoa – e sua obra também. Com a internet aumentou muito o número de críticos, se multiplicou um milhão de vezes. Como no caso dessa história do verso que você está apontando. Sei exatamente como ela foi criada: num blog de um cara (reinaldo azevedo) da revista Veja, que tem uma enorme estima pela minha pessoa e gosta de lançar esse tipo de futrica. Ali vale tudo, já sugeriram até que se desapropriasse meu campo de futebol para a construção de casas populares. É um problema que vem de muitos anos, uma questão doentia de uma revista contra um artista. Parece que o cara que manda nessa revista ( mario sabino) tem ambições literárias. Então ele não gostou de os meus livros ganharem prêmios, porque ele quer ser escritor. Aí, decidi me vingar. Sabe o que eu fiz? Li o romance do cara, um tal de [mario] sabino. Não é parente do Fernando Sabino, acho. Fui até o fim, li tudo, tudo. E fiquei tranquilo, passou a raiva [risos]. Falei: “Bom, o melhor que esse cara tem a fazer é ser editor da revista Veja”.

Leia aqui a Entrevista Completa

3 comentários:

Isadora disse...

Dá-lhe, Chico! Nosso poeta maior soube responder com elegância e serenidade (caracteríticas que não lhe faltam) a tamanha inveja.Olhe a história recente do Brasil entrelaçada com a vida de Chico Buarque e veja se a como não sucumbir à grandiosidade desse artista. Chega a ser perdoável a ira de seus oponentes!!!

Lena disse...

Não é a toa que amo esse cara! kkk
Bjs

Anônimo disse...

Reinaldo Azevedo é mal resolvida. Preocupa não. No dia que assumir, ele melhora!